As Escadas da Meritocracia

Ia eu a subir as escadas da Meritocracia quando fui barrado a meio por um posto de controle de Mérito.
O burocrata do Mérito perguntou-me: Quem é o teu pai?
À minha resposta o burocrata do Mérito carregou num botão, as escadas desfizeram-se, transformaram-se numa inclinada ladeira e lá vim eu aos trambolhões por ali abaixo.
Quando cheguei ao fim, vi um televisor LED, gigantesco, que dizia, a piscar: A Culpa É Tua.
E, logo depois: Podes Sempre Tentar de Novo.
E lá fui eu outra vez. A subir, com esforço, a escada da Meritocracia. A mesma subida, à espera de um resultado diferente.

[escrito directamente no facebook em 2020/01/16]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s