Preso n’A Viagem de Sophia

Estou preso n’A Viagem da Sophia. Estou preso num loop dentro d’A Viagem.
Quero sair mas não consigo.
Tenho a garganta muda.
Não tenho unhas. As pontas dos dedos em sangue.
Não vejo nada. É um nada. Escuro. Claro. Vazio. Um nada.
A boca mexe mas só cai baba que escorre pelo queixo abaixo.
A cabeça às voltas. Uma vertigem. Agonia.
Vomito sobre mim. Sobre o meu peito.
O que hei-de fazer?
“Compreendeu que lhe restavam somente alguns momentos.
Então virou a cara para o outro lado do abismo. Tentou ver através da escuridão. Mas só se via escuridão. Ela, porém, pensou, Do outro lado do abismo está com certeza alguém.
E começou a chamar.”

[escrito directamente no facebook em 2018/08/12]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s