A Castanha da Morte

Ela não se calava.
Estava insuportável. Só queixas, queixas. Que eu não fazia assim. Que eu não fazia assado. E o que é que as pessoas iam achar. O que é que elas iam dizer.
Estávamos a entrar pelo jardim adentro e eu comecei a pensar se este ano as árvores também iam ser decoradas com luzes de Natal. Lembro-me de um ano em que uma das árvores parecia uma cabaça. Não uma árvore de Natal. Uma cabaça.
A voz dela continuava a ferir-me os ouvidos. Mas já não ouvia nada do que dizia. Olhava o que restava do jardim, já de si tão pouco, de Inverno ainda menos. As parcas ou nenhumas ramagens mas que ainda serviam aos serviços camarários para iluminar e decorar como árvores de Natal. Deitavam-lhes uns tubos luminosos, a enrolar, a serpentear, e pronto, estava decorado.
Mas era pequeno, o jardim. Acabámos por sair rapidamente pelo outro lado. E ela continuava na sua ladainha.
Avistei a senhora das castanhas. E forcei o trajecto até ela. Comprei uma dúzia. Tirei duas e passei-lhe o pacote para as mãos. Podia ser que se calasse.
E ela calou-se. Descascou uma castanha e colocou-a na boca. E seguimos em frente. Eu segui em frente. Quando dei pela falta dela, olhei para trás e vi-a caída no chão a contorcer-se. Corri até ela. Mas quando lá cheguei, já estava inanimada. Levei os dedos à jugular e não senti o batimento cardíaco. Morreu. Provavelmente engasgada com alguma castanha.
Levantei-me e fui embora. Deixei-a ali caída. Alguém devia dar com ela. Eu ia saborear aquele pequeno momento de silêncio e apreciar o burburinho da cidade.

[escrito directamente no facebook em 2017/11/12]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s