O Prédio Onde Vivo Tem Dois Elevadores

Eu moro num prédio com elevador. Aliás, o prédio tem dois elevadores. Dois elevadores, um ao lado do outro, ambos para os mesmos sítios e à mesma velocidade. O estranho, ou talvez nem tanto, é que é muito difícil encontrá-los a funcionar ao mesmo tempo. Há sempre um deles que está avariado. Out of order, como diz o americano que vive lá no prédio vai para uns meses valentes e com quem me cruzo várias vezes, especialmente depois de jantar quando vou levar o lixo à rua. Encontro também, bastantes vezes, um técnico de elevadores a arranjá-los. Não sei se faz de propósito para haver sempre um a precisar de cuidados por causa da comissão. Mas é o que parece.
Muitas vezes quando chego ao prédio, tenho de chamar o elevador que está, quase sempre no primeiro andar. Porque raio? No primeiro andar!
Hoje saí muito cedo do prédio. Aliás, quase de madrugada. Encontrei um preservativo usado, e com um nó, no meio do elevador. Não consigo entender porquê. O prédio não tem pensões de águas correntes, quentes e frias. A porta da rua está sempre fechada. Há sempre algumas pessoas (na verdade são duas idosas) que dão sempre fé de tudo, como é que isto foi possível sem ter havido escândalo ou gritaria no prédio?
Pelo sim pelo não, deixei ficar tudo como estava, esperando vir a saber mais tarde o que é que teria acontecido.

Afinal, não teria acontecido nada. Nada se soube. Nada transpirou para os inquilinos. O mistério adensa-se. Tenho de voltar ao assunto.

[escrito directamente no facebook em 2017/07/18]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s