Cansado

Cheguei a casa cansado e deixei-me cair sobre o sofá. Adormeci.
Acordei algumas horas mais tarde com o som da televisão do vizinho de cima. Som de novela. Grande gritaria. Tiros. Algumas frases que já esqueci mas que me fizeram pensar que o nível dos argumentistas de televisão estava a descer muito.
Fui até à cozinha. Peguei numa faca de serrilha e cortei uma carcaça. Abri o frigorífico e retirei o pacote de manteiga. Barrei a parte de baixo do pão aberto ao meio. Comecei a comer. Fui até à janela da cozinha e pus-me a olhar para fora.
A gritaria lá em cima continuava. Malditas novelas. Maldita surdez.
Da janela da cozinha vi chegar um carro da polícia. Depois outro. Os agentes saíram rápidos dos carros e desataram a correr. Ouvi outro tiro da novela. E depois o silêncio. Os agentes passaram a correr à beira da minha porta.
Ouvi bater na porta do vizinho de cima. Depois o estrondo de uma porta a abrir-se à força.
Deixei-me cair de novo no sofá, Estava cansado. Queria que o sono me levasse para outra novela.

[escrito directamente no facebook em 2017/07/22]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s